Outubro Rosa – mês da prevenção e combate ao câncer de mama

Outubro Rosa – mês da prevenção e combate ao câncer de mama

Desde 2002, ocorre, todo ano, a campanha do Outubro Rosa, um mês inteiro com o intuito de conscientizar as mulheres brasileiras sobre a prevenção e combate ao câncer de mama.

A campanha tem uma enorme importância, já que este tipo de câncer é o segundo mais comum entre a população feminina no Brasil. São 59 mil casos por ano, de acordo com dados de 2018 do Instituto Nacional de Câncer (Inca), perdendo apenas para o melanoma (câncer de pele).

Segundo o relatório divulgado em setembro (2018) pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), que é ligada à OMS, uma em cada seis mulheres terá câncer em algum momento de sua vida. Esse dado é alarmante, por isso, a prevenção é extremamente importante no combate a essa doença.

O câncer de mama é curável em até 98% dos casos, caso seja detectado na fase inicial, de acordo com o médico Carlos Frederico Lima, mastologista e cirurgião oncológico da Fundação do Câncer.

A prevenção do câncer de mama não é totalmente possível, devido aos inúmeros fatores influentes, entretanto, quanto mais cedo for feita a conscientização e forem realizadas algumas tarefas e exames nos períodos corretos, melhores são suas chances.

Autoexame

É importante cuidar do próprio corpo e estar atenta a alterações. O autoexame é uma maneira de dar início a um cuidado maior, porém, algumas vezes, este tipo de procedimento pode não ser tão efetivo.

Por isso, é essencial manter um acompanhamento regular com o especialista, principalmente caso existam ocorrências de câncer de mama na família. Se este for o caso, é necessário comunicar o médico para que todo o ciclo de prevenção seja efetuado com antecedência.

Exercício físico

O exercício é uma excelente maneira de prevenção ao câncer de mama, pois ajuda na diminuição de hormônios (estrogênio e insulina), que influenciam na formação de tumores.

Mulheres que já foram diagnosticadas também devem se exercitar, já que a eliminação do excesso de lipídios e a redução na formação de vasos ao redor do câncer ajuda no combate à doença. Além das outras diversas vantagens que o exercício traz para o corpo em geral.

Alimentação saudável

A alimentação é uma parte essencial na prevenção contra o câncer de mama. O cuidado na escolha dos alimentos interfere na saúde do seu corpo. Uma rotina alimentar que inclua frutas, vegetais, grãos, já é de grande valia.

Além disso, é relevante ressaltar que bebidas alcoólicas e o tabaco são agentes causadores de câncer. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o alcoolismo causa entre 2% e 4% das mortes por câncer, principalmente em combinação com o tabagismo.

A melhor opção é não consumir nenhuma dessas duas drogas lícitas, mas, uma redução no consumo já pode apresentar resultado positivos.

Mamografia

A mamografia é o exame utilizado para detectar tumores nas mamas. Alguns médicos solicitam o procedimento a partir dos 40 anos, anualmente, decisão corroborada pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM).

Já o Instituto Nacional de Câncer recomenda que ela seja feita entre os 50 e 69 anos, a cada dois anos.

Essas divergências acontecem pelo risco de resultados falso-positivos (quando o exame mostra uma alteração que não existe) e sobrediagnóstico (quando o diagnóstico de uma doença nunca provocará sintomas ou a morte de um paciente).

——————————————————————————————————————————————————–

Esperamos que este post tenha lhe ajudado a entender um pouco melhor por que a prevenção ao câncer de mama deve ser levada a sério. Para lhe ajudar ainda mais, nós contamos com um Check-up especial para o Outubro Rosa.

Ficou interessada? Então entre em contato com a clínica médica popular mais próxima da sua região e confira a disponibilidade dos serviços. Você encontra onde estamos no Brasil e os números para contato diretamente no nosso site.

 

Adicionar Comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados*

quinze + nove =