5 DICAS DE COMO EVITAR AS MICOSES NA PRAIA

5 DICAS DE COMO EVITAR AS MICOSES NA PRAIA

Estamos no verão. Época de férias e de calor, onde muitas pessoas ficam o dia todo curtindo a praia como muito banho de mar e sentados na areia tomando sol. Parece tudo muito bom mas ai aparecem as micoses.

A micose de praia é a mais frequente e banal das micoses superficiais. Pano, pano branco ou manchas do fígado são outras denominações populares desta micose que, dermatologicamente, tem o nome de Pitirase versicolor.

Antes de partir para o litoral, é importante que você saiba como evitar micose na praia. O calor e a umidade da areia é um ambiente perfeito para a reprodução dos fungos. Esses organismos, por sua vez, se alimentam da queratina, substância presente nas unhas, cabelos e também na nossa pele.

DESTACAMOS AQUI 5 DICAS DE COMO EVITAR AS MICOSES NA PRAIA.

1. Evite produtos que aumentem a oleosidade da pele

Os fungos vivem sobre os poros e utilizando essa “gordura” como fonte de alimento.

Portanto, quando for a praia, tente evitar aqueles cremes que deixam a pele com um aspecto oleoso: o bom e velho protetor solar é muito melhor que os óleos bronzeadores. Além de ser muito mais saudável para sua pele.

2. Seque o corpo logo ao sair do mar e evite permanecer com as roupas molhadas por muito tempo.

Os fungos precisam da umidade para se proliferar. Sendo assim, o primeiro passo para evitá-los é procurar manter o corpo o mais seco possível. Ao sair do mar, seque-o o quanto antes: os pés e as dobras do corpo merecem atenção.

O mesmo vale para as roupas, evitando que elas fiquem molhadas por muito tempo. Opte por usar os modelos adequados para banho, que naturalmente já possuem um “poder de secagem” mais acelerado.

3. Evite ao máximo andar com os pés descalços

Embora estar descalço combine mais com o ambiente, o ideal é utilizar um tênis, pois além de evitar as micoses, certamente sua caminhada será mais confortável.

4. Não compartilhe toalhas

As micoses são condições de fácil transmissão, incluindo a partir do contato com objetos já contaminados. Tenha a sua própria toalha e evite emprestá-la, em último caso, após o empréstimo não a utilize novamente.

5. Evite ficar mexendo na areia com as mãos

Essa é uma missão muito difícil, ainda mais para quem tem crianças não é mesmo. Para amenizar a situação lave bem as mãos com sabão neutro após a praia.

Se você sofre notou alguma alteração na pele lembre que o melhor profissional para auxilia-lo é o Dermatologista.

Agende já a sua consulta!

Adicionar Comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados*

5 × 1 =