6 sinais que está na hora de visitar o Oftalmologista

6 sinais que está na hora de visitar o Oftalmologista

saúde dos nossos olhos é fundamental para a nosso bem viver, no entanto, nem sempre damos a devida atenção a esse órgão tão importante. Ir à consulta de um oftalmologista nem sempre é uma visita habitual ou importante para muitas pessoas, por isso alguns se perguntam: “como sei se preciso ir a um oftalmologista” e “quais são os sinais de que algo não anda bem com meus olhos”.

Afinal de contas, é melhor consultar um médico regularmente para checar a saúde dos seus olhos do que esperar o surgimento de um problema, que muitas vezes pode deixar sequelas ou ser irreversível.

Seguem abaixo 6 sinais que está na hora de visitar o oftalmologista.

1 – Sofrer com irritação nos olhos e lacrimejamento

Olhos secos, sensibilidade à luz e sensação de olhos cansados caracterizam a síndrome de visão do computador. Apenas 2 horas por dia na frente da tela já são suficientes para gerar esses sintomas. Se você sabe que não conseguirá reduzir a exposição para menos do que isso, procure um oftalmologista para descobrir o que você fazer para aliviar os sintomas.

2 – Nunca ter consultado um oftalmologista

A primeira consulta de toda pessoa deve ser ainda quando recém-nascida, para detectar malformações congênitas. Se você nunca foi a um oftalmologista, significa que é hora de marcar uma consulta — mesmo que você nunca tenha tido qualquer problema de visão.

3 – Perceber alterações na visão

Ao verificar manchas claras, regiões escurecidas ou imagens duplas na sua visão, é fundamental que você visite o oftalmologista o mais rápido possível. Glaucoma, descolamento de retina, degeneração da mácula e até mesmo acidentes vasculares encefálicos (os conhecidos derrames) podem explicar esses sintomas.

4 – Possuir histórico de diabetes ou hipertensão

Se você tem hipertensão e diabetes, deve ter as visitas ao oftalmologista como prioridade todos os anos. A diabetes gera um quadro de retinopatia diabética, enquanto a hipertensão causa a retinopatia hipertensiva. Ambos evoluem lentamente e aumentam a chance de outras doenças oftalmológicas e têm a cegueira como fase final. Por isso é importante fazer o exame do fundo de olho para conferir como anda a saúde da retina.

5 – Ter mais de 50 anos

É bem provável que você já tenha algum grau de presbiopia, ou vista cansada, e precisará de bons óculos de leitura. Se você tem mais de 50 anos, as suas chances de sofrer aumento na pressão do olho e de desenvolver glaucoma ou catarata são maiores.

6 – Notar baixa na acuidade

Se você anda com dificuldade para ler, reconhecer rostos ou entender placas de trânsito, você pode apresentar algum erro de refração. Se a visão está ruim para coisas distantes, trata-se de miopia; se o problema surge na leitura de perto, hipermetropia; se a visão não está boa nem de perto nem de longe, astigmatismo.

Só o oftalmologista é capacitado para realizar o diagnóstico correto e indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Agende já a sua consulta!

 

Adicionar Comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados*

cinco + 11 =