Os malefícios para a saúde de ficar MUITO TEMPO SENTADO.

Os malefícios para a saúde de ficar MUITO TEMPO SENTADO.

Não é novidade para ninguém que a inatividade e uma alimentação incorreta são prejudiciais à saúde. Por ser uma recomendação médica, o Ministério da Saúde vem fazendo campanhas de promoção da saúde para ajudar a população a ter uma boa qualidade de vida. Mas hoje há outra preocupação: a de passar muito tempo sentado.

Parece algo exagerado, mas o problema é passarmos a maior parte do tempo sentados e preocupados com nossas atividades diárias, e com isso, não nos damos conta que é importante ficarmos em pé. Mas por que esse assunto é tão importante? Em 2012, a Universidade de Leicester, na Inglaterra, publicou um estudo onde foram coletados e analisados dados sobre longas horas na posição, tirados de 18 estudos envolvendo mais de 794 mil pessoas.

A análise mostrou que as pessoas têm o costume de gastar entre 50% e 70% do tempo sentadas. Os pesquisadores concluíram que o tempo sentado era diretamente proporcional ao aumento de chance de ter diabetes e desenvolver doenças cardiovasculares e o aumento da probabilidade de morrer prematuramente.

Se pararmos para pensar, esse pode ser um mal dos tempos modernos. Hoje em dia passamos muito tempo sentados trabalhando em frente ao computador, temos controle remoto para tudo, telefone sem fio e, além disso, celulares que nos prendem a atenção a todo tempo, seja para jogar, ler ou até mesmo para pedir uma comida. Talvez a tecnologia seja a maior contribuinte para o sedentarismo. E o motivo é bem claro – ficar sentado demais é uma prática ligada à inatividade física e de práticas de atividades que exigem pouco gasto energético, como o deslocamento para o trabalho, em casa, no trabalho ou nas horas de lazer.

Segundo Danielle Keylla, consultora técnica do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, caso você trabalhe a maior parte do tempo sentado, o ideal é pausar a cada 1 hora e fazer alongamento ou caminhar. É possível adotar algumas estratégias que podem ajudar a lembrar sobre a importância de mover-se, mesmo durante o horário de trabalho. “No trabalho, muitas pessoas tendem a permanecer sentadas o máximo de tempo. Isto pode ser bom para o desenvolvimento das tarefas, mas é ruim para o nosso corpo. Mover-se ajuda a melhorar a circulação sanguínea e, consequentemente, a irrigação do nosso corpo, fazendo o oxigênio chegar aos músculos”, fala Danielle.

Não fique parado

No dia a dia também há alguns hábitos que você pode incorporar, pode ser dentro de casa, no trabalho e no lazer. Subir e descer escadas, deixar o carro mais longe para caminhar, nadar, fazer alongamento, vale dançar, passear de bicicleta o importante é praticar.

Para começar, é preciso lembrar que não se deve associar atividade física a esforço exagerado. Para manter a saúde, prevenir doenças e deixar o corpo mais forte e vigoroso, o caminho pode ser tão simples que até surpreende.

  • No trabalho levante-se para tomar água. A hidratação é importante;
  • Participe dos momentos de ginástica laboral na empresa;
  • Caso tenha condições físicas e seja possível, prefira sempre a escada;
  • Fique atendo se o conforto da cadeira ou pés lhe faz permanecer mais tempo sentado.

Apesar de a ergonomia ser fundamental para a saúde, ela não deve camuflar a necessidade de reduzir o tempo sentado. Tudo isso é movimento. Quando praticadas regularmente, essas atividades têm o poder de criar uma rotina saudável e benéfica para o corpo e a mente. Mas, mesmo no caso de exercícios moderados, no início é preciso tomar alguns cuidados importantes como a escolha de atividade que atenda às suas necessidades físicas e não agrave algum problema muscular ou de postura que você tenha.

Lembre que a alimentação associada a atividades físicas é a melhor fome de ter uma vida saudável.

Agende já a sua consulta!

Fonte: https://goo.gl/rHe3sM 

Adicionar Comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados*

5 × cinco =