Por que trabalhar numa Clínica Popular

Por que trabalhar numa Clínica Popular

As clínicas médicas multi especialidades, mais conhecidas como clínicas populares, têm se firmado cada vez mais como uma opção para a colocação do profissional de saúde no mercado de trabalho.

Isso porque o mercado em medicina popular aumentou consideravelmente nos últimos anos devido a fatores como aumentos nos preços dos planos de saúde, má qualidade e sobrecarga do sistema de saúde pública e atendimento privado fora do alcance da maior parte da população, dentre outros aspectos.

Um modelo diferenciado para preencher um mercado em ascensão

Atualmente, no Brasil, existe uma imensa lacuna causada pela polarização do atendimento médico que você, provavelmente, já conhece muito bem. De um lado, planos de saúde caros e com restrições cada vez maiores de atendimento. Do outro, um sistema de saúde sobrecarregado, com demora de anos no atendimento para diversas especialidades e exames.

Quem acaba sofrendo com isso é a população de baixa renda que vê seu estado de saúde se deteriorar durante a espera, sem condições de arcar com os altos custos de um plano para toda a família.

As clínicas populares vieram justamente para preencher este vazio, oferecendo consultas e exames de baixa e média complexidade a preços acessíveis, sem a intermediação das companhias de planos de saúde.

As vantagens de aderir às clínicas populares

Trabalhar em uma clínica popular é uma opção segura porque o percentual pago ao profissional de saúde é maior do que a dos planos de saúde. Com isso, a qualidade do trabalho do médico também melhora, já que não precisa atender os pacientes em tempo recorde, como forma de viabilizar o negócio diante dos valores irrisórios muitas vezes pagos pelos planos.

Além disso, o médico que trabalha em uma clínica popular não precisa se preocupar com a infraestrutura. As instalações são mantidas em estado de novas, confortáveis e prontas para proporcionar ao paciente um clima de acolhimento e bom atendimento.

E por falar em atendimento, o modelo adotado por estas clínicas prioriza a agilidade, tanto para o médico quanto para o paciente, facilitando o acesso ao histórico e permitindo que o atendimento possa ser mais completo e com mais atenção.

Em média, as clínicas populares repassam cerca de 50% do valor de cada consulta e bancam todas as despesas com a manutenção da clínica. Ou seja, o profissional só precisa se preocupar em realizar o seu trabalho e atender bem o paciente.

Vasto campo de trabalho

A crise econômica que afeta o país nos últimos anos se tornou uma grande oportunidade de negócio para as redes de clínicas populares, que absorveram o público que precisou abandonar os planos de saúde, mas ainda possui algum dinheiro para esta necessidade. Fugindo dos atendimentos de alto custo das clínicas particulares, estas pessoas tendem a procurar mais as clínicas populares, principalmente para consultas simples e exames de rotina.

Atendimentos de maior complexidade continuam sendo encaminhados para hospitais tradicionais, no entanto, tiram do vácuo da falta de atendimento esta parcela da população que precisa continuar um tratamento ou cuidar de doenças menos complicadas.

Em outras palavras, isso quer dizer que não faltará clientela para o médico que decidir trabalhar em uma clínica popular.

De acordo com recente pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM), 93% dos brasileiros está descontente com o atendimento do SUS. Por outro lado, em momentos de crise, as famílias brasileiras tendem a cortar gastos com entretenimento e aquisição de produtos, mas mantém os gastos com saúde. Com o aumento dos planos na faixa dos 16% no último ano, a tendência é de que cada vez mais famílias migrem para as clínicas populares.

Atendimento social

Atender uma parcela da população que sempre foi carente de serviços médicos, mas tem o suficiente para procurar uma clínica popular pode ser uma experiência rica e única para o médico que trabalha nesta área. A preocupação com um bom atendimento faz parte da missão e da visão destas redes, proporcionando um excelente ambiente de trabalho para os profissionais de saúde envolvidos.

Como as clínicas assumem toda a responsabilidade com infraestrutura, marketing, manutenção e capacitação, além da burocracia, o médico pode desempenhar seu trabalho com mais dedicação e menos estresse, aumentando sua própria qualidade de vida. Seu trabalho passa a ter um propósito maior, é mais valorizado e alcança uma clientela que realmente precisa daquele atendimento diferenciado.

Pagamento mais justo, boa infraestrutura e preocupação com o melhor atendimento. Fazer parte de uma clínica popular pode ser a melhor opção, seja para médicos recém-chegados ao mercado de trabalho, seja para profissionais experientes que querem dar um novo rumo à sua carreira.

Adicionar Comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados*

1 × dois =